ABPTV | Tema: Transtorno de Estresse Pós Traumático

Nosso país vive, segundo critérios da Organização Mundial de Saúde, numa epidemia de violência, na forma de criminalidade, homicídios, sequestros, assaltos, violência doméstica e desastres automobilísticos. Esta realidade demonstra que a violência não está unicamente ligada com a pobreza.

 Em 2011 mais de 145.000 pessoas morreram devido a causas externas, número que vem aumentando gradativamente, são mais de 400 mortes por dia.

Os homicídios são a 3a causa de morte no Brasil. De 1980 a 2011 ocorreram 1.145.908 homicídios no Brasil, destes 60% ocorreram em áreas metropolitanas. A arma de fogo foi o principal instrumento em cerca de 70% dos casos.

A violência está diretamente relacionada ao adoecimento. Este é o caso do Transtorno de Estresse Pós Traumático (TEPT). Levantamento realizado por pesquisadores da UNIFESP, UFRJ e da FIOCRUZ (2007) nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo encontrou que 87% das pessoas já haviam passado ou testemunhado situações de violência urbana. Destas, 10% desenvolveram TEPT.

Podemos estimar que na população de ambas cidades de mais 12 milhões (nesta faixa etária), 1,2 milhões terão TEPT. Os sintomas do Transtorno são: pesadelos constantes, pensamentos recorrentes e intrusivos, isolamento social, taquicardia, sudorese, tonturas, ansiedade e muitos outros.

Apesar de sintomas claros as pessoas ainda demoram cerca de 2 anos para procurar ajuda de um psiquiatra para casos de Estresse Pós- Traumático, o que dificulta o tratamento.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Diego Schueng

Todos os textos aqui escritos são de autoria dos membros desde site. Qualquer reprodução deve ser solicitada para o membro autor da publicação!
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook