ABPTV debate o transtorno bipolar e o suicídio na gravidez (28/09/2015)

A gravidez é um momento emocional delicado na vida de uma mulher. Apesar da felicidade de estar gerando outro ser as mudanças de humor por conta dos hormônios podem prejudicar as relações da grávida com outras pessoas e com o próprio bebê. Este período pode ser ainda mais difícil se a mulher padecer de uma doença psiquiátrica como o transtorno bipolar, além de administrar a ansiedade natural da espera, é preciso controlar a doença.

Segundo dados da Associação Brasileira de Transtorno Bipolar 1% da população mundial sofre do transtorno e 50% dos portadores atentam contra a própria vida ao menos uma vez.
Conheça mais sobre os participantes:

Amaury Cantilino da Silva Júnior – Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Pernambuco. Concluiu mestrado e doutorado em Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). É Diretor do Programa de Saúde Mental da Mulher e preceptor da Residência Médica em Psiquiatria do Hospital das Clínicas. Possui experiência na área de Psiquiatria, com ênfase em Saúde Mental da Mulher, atuando principalmente nos seguintes temas: depressão pós-parto, uso de psicofármacos na gravidez e na lactação e escalas de avaliação.


Joel Rennó – Professor Colaborador Médico do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP. Diretor do Programa de Saúde Mental da Mulher – Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP. Médico do Corpo Clínico do Hospital Israelita Albert Einstein-SP (HIAE). É PHD em Psiquiatria pela Universidade de São Paulo (USP).

Participe da ABPTV enviando perguntas para o Linha Direta!
Compartilhe no Google Plus

Sobre Top TV Brasil

Todos os textos aqui escritos são de autoria dos membros desde site. Qualquer reprodução deve ser solicitada para o membro autor da publicação!
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook